Artigos. Jogos para crianças pequenas
A criança ingressa no mundo dos jogos e brincadeiras desde os primeiros meses de vida. Brincar é sua forma mais importante de aprendizagem e os pais são os primeiros companheiros nestas atividades. Sugerimos aqui alguns jogos para você compartilhar com seu filho.

Jogos com o corpo
A partir do segundo trimestre de vida, o bebê começa a diferenciar seu próprio corpo do de sua mãe. Esta descoberta gera um grande interesse pelas diferentes partes de seu corpo, especialmente as extremidades.

É o momento indicado para introduzir os tradicionais jogos com as mãos e com os dedos. Uma proposta é pegar a mão de seu filho dizendo: "cinco irmãozinhos decidiram cozinhar". Depois, indicando cada um dos dedos, prossiga: "o mais velho foi buscar legumes pra fazer uma sopinha, o seguinte os cortou, o outro os colocou na panela com água e o outro os mexeu". Depois, deslizando a mão pelo braço da criança até sua boca, termine a história dizendo: "e o menorzinho, glup, glup, tomou a sopa".

Minha cara, minha casa
Este é outro jogo que pode ajudar seu filho a reconhecer as diferentes partes do rosto. Toque sua testa e diga: "esta é minha casa". Em seguida, aponte para os olhos:"e estas são as janelas, que se abrem e se fecham". Depois a boca: "esta é a porta onde vive uma senhora que diz bla, bla, bla". Por último, o nariz: "e esta é a campainha, ela faz ding dong, ding dong".

Jogos com água
A maioria das crianças gosta do contato com a água. Todas as brincadeiras neste meio contribuem para desenvolver suas habilidades motoras.

Quando estão dentro d´água, os bebês adoram ser molhados com uma duchinha ou brincar com recipientes com diferentes saídas para a água, como regadores.

Quando a criança já consegue se sentar e usar os braços, ela também pode brincar de esvaziar um cubo de água e encher outro durante o banho. Mais adiante, seu filho também colocar barquinhos para navegar, lavar seus bonecos ou lavar pratos e copos plásticos.

Jogos ativos
São um excelente estímulo para o órgão que regula o equilíbrio, localizado no ouvido médio. A função deste órgão é transmitir ao cérebro a informação necessária sobre a posição.

O jogo do avião, em que a mãe ou o pai seguram a criança e fingem que ela está voando, a tradicional brincadeira de roda e o carrossel desenvolvem o senso de equilíbrio. Além disso, a criança desfruta do contato físico com seus pais, uma ferramenta importantíssima para transmitir segurança.

Imaginação em movimento
Um dos brinquedos mais apropriados durante os primeiros meses de vida são os móbiles. A cor, a forma e o movimento atraem a atenção, estimulam o bebê a observar e, mais tarde, a reconhecer pelo tato. Apresentamos aqui as partes de um móbile simples que você pode colar sobre uma cartolina, colorir, gerar diferentes texturas sobre elas e montar com a ajuda de seu filho. Será um lindo presente para o bebê.
Artigos relacionados
Quem leu isto também leu...