Artigos. O fascinante mundo das formas
O que é uma forma geométrica?
Quando desenhamos um quadrado, um triângulo ou um retângulo, traçamos representações gráficas de figuras geométricas. Portanto, a definição clássica de um objeto geométrico é analítica. Por exemplo, um círculo é um conjunto de pontos em um plano, equidistantes de outro ponto chamado centro.
Toda criança é capaz de reconhecer uma forma muito antes de aprender sua definição formal. No entanto, mesmo que em seu primeiro ano de vida ela consiga reconhecer e organizar as formas, ainda está longe de representá-las. A construção do espaço representativo, que começa com o entendimento da função simbólica, exige a redescoberta dessas relações.
Portanto, no processo de aprendizagem, é preciso distinguir as atividades que propõem a percepção e o reconhecimento das formas, de um lado, e sua representação e reprodução, de outro.

Jogos de reconhecimento
O primeiro passo na incorporação do conceito de forma é reconhecer sua enorme variedade e as características de cada uma. Obviamente, é aconselhável começar com as mais simples. Você ficará surpreso ao ver com as crianças são fascinadas e se divertem com essas descobertas.
Recorte triângulos, quadrados e retângulos em papéis de cores variadas. Em seguida, descreva as formas: o triângulo tem três lados, o quadrado possui quatro lados iguais, e o retângulo, dois lados iguais.
Por último, espalhe por vários lugares da casa as diferentes formas geométricas, e em um saco, papéis com seus nomes. A criança deve tirar um papel por vez, lê-lo e tentar localizar a forma. Se jogar com irmãos ou amigos, ganha o participante que tiver encontrado o maior número de formas.

Jogos de encaixe
São dirigidos a crianças a partir de um ano de idade e servem para treinar o reconhecimento de formas tridimensionais. Consistem em uma com orifícios na tampa, onde são encaixados objetos de formas quadradas, circulares ou triangulares.
O desafio tem duas fases: primeiro, a criança deve identificar a peça que irá utilizar e depois encaixá-la no orifício correspondente. Em crianças menores, a fase de identificação da peça geralmente é substituída por uma avaliação visual. Se não conseguir, tenta encaixá-la em outro orifício, e uma vez obtido o encaixe, ela o repete várias vezes até chegar à solução. O passo seguinte é a memorização, a ligação entre as peças e seus respectivos encaixes, e a eliminação da avaliação visual.
O jogo tem outra função, que é estimular a associação entre cores e formas. Por exemplo, se os cubos forem de cores diferentes, a criança aprende que essas figuras são iguais entre si, mas que se diferenciam pela cor.

Desenhar e construir
Para as crianças maiores, que já começam a representar e a reproduzir as formas, o ideal é pedir que as desenhem, recortem ou pintem. Um jogo que pode integrar essas três atividades é a montagem de um quebra-cabeças. Subdivida uma folha em partes cujo contorno coincida com figuras geométricas. Em um segundo momento, as figuras são pintadas em diferentes cores, e por último, são recortadas. Depois de separadas as peças, o desafio é voltar a montá-las e recompor a folha.
Você também pode usar cubos encaixáveis e pedir que seu filho reproduza uma série de figuras. O jogo ficará mais simples se ele identificar os modelos com formas figurativas facilmente reconhecíveis: escadas, um edifício, um carro, etc.

Conselhos úteis

Como em tantas outras áreas do conhecimento, lembre-se de que as crianças pequenas aprendem brincando. Como ainda não são capazes de fazer abstrações, a brincadeira permite simular situações que as aproximam de forma mais vívida dos conceitos. Portanto, não faz sentido obrigar seu filho a brincar com jogos de encaixe ou ler livros sobre as formas, por mais didáticos que sejam, se ele não estiver com vontade. Mas se a atividade sugerida for divertida, ele conseguirá incorporar o conhecimento.
As crianças chegam à escola com noções previamente adquiridas em família. No caso das formas, elas sabem que algumas têm "pontas" e outras têm lados "certinhos". Da quantidade e qualidade da exposição a essas noções dependerá, em grande parte, o sucesso de seu aprendizado.
Artigos relacionados
Quem leu isto também leu...