Artigos. O tempo
Durante os primeiros anos de vida, a criança vive o momento presente. O conceito de tempo está subordinado ao mundo das sensações. Isso não quer dizer que ela não irá incorporar, as poucos, estas noções.

Associação espaço-tempo
Até a fase escolar, as imagens temporais da criança se encontram vinculadas a seu conceito de espaço. Por exemplo, se dois amigos disputam uma corrida, uma criança poderá dizer que um deles demorou mais porque percorreu um trajeto mais longo.
A criança vive o aqui e o agora. Primeiro, é o espaço perto de sua boca, depois, o que pode ver, ouvir ou agarrar com as mãos, e por último, as coisas que se revelam quando aprende a se movimentar.
Com o tempo, o espaço torna-se objetivo. Pouco a pouco, ela é capaz de situar suas lembranças e de antecipar fatos. A duração dos eventos integra-se ao tempo dos adultos.

Maior ou mais alto?
As crianças pequenas relacionam a idade com a altura. Para elas, o mais alto costuma ser o mais velho.
Uma forma divertida de começar a desfazer esta confusão é realizar medições de sua altura e idade. Para isso, você pode marcar na parede sua altura e, ao lado, escrever sua idade.
Por exemplo: 3 anos e 2 meses. Também é interessante marcar outra sequência com a altura e a idade de seus irmãos ou de seus amigos. Desta forma, ele poderá compará-las e tirar suas próprias conclusões.

O relógio
Aprender as horas pode ser um processo lento para muitas crianças, mas você pode facilitar a tarefa para seu filho. Uma das formas mais simples é marcar em um relógio (primeiro digital, depois convencional) as horas de suas atividades favoritas: "Seu programa preferido começa às cinco", "às quatro iremos ao aniversário de seu amigo".

Ontem-hoje-amanhã
As crianças aprendem a diferenciar o ontem, o hoje e o amanhã ao escutar os adultos definirem os acontecimentos com estes parâmetros. Quando prometemos a crianças muito pequenas realizar uma atividade “amanhã”, convém explicar que isso significa "depois de dormir e levantar".
Uma boa forma de internalizar estes conceitos é utilizar um diário pessoal, em que seu filho poderá desenhar o que está fazendo ou o que planeja fazer ao longo da semana. Com sua ajuda, ele poderá narrar suas atividades aplicando as noções aprendidas.

Manhã-tarde-noite
A associação das atividades rotineiras com os diferentes momentos do dia permite à criança assimilar estes conceitos temporais com maior facilidade.
A seguir, sugerimos esta série de figuras, que seu filho poderá colorir e colocar em ordem.
Artigos relacionados
Quem leu isto também leu...