Artigos. Os esportes
Os esportes são essenciais para o desenvolvimento das crianças. Apresentamos aqui alguns pontos para melhor compreender sua importância e quais são os critérios para escolher os mais apropriados para seu filho.

Por que são importantes?
As atividades esportivas ajudam a criança a conhecer melhor o seu corpo (tanto suas potencialidades como suas limitações). Por isso, favorecem sua auto-estima e sua capacidade de realização. Além disso, colocar o corpo em movimento é muito saudável porque estimula a potência muscular, melhora a capacidade respiratória, oxigena o sangue e favorece a coordenação. Já os esportes em equipe ajudam a criança a estabelecer relações sociais melhores, a compreender o valor da cooperação e a aprender a necessidade de respeitar normas.

Superação ou competição?
O esporte promove a perseverança e o desejo de superação.

Ambos podem ser igualmente benéficos se a criança os aplicar em outras áreas da vida. Mas é importante recordar que o esporte também estimula o espírito competitivo, e é preciso ensiná-la a moderá-lo.

A criança deve entender que participar e se divertir com seus amigos e colegas é o aprendizado principal do esporte.

Como escolher a melhor atividade?
Primeiro, é imprescindível consultar a opinião de seu filho e sugerir uma possibilidade entre várias opções. Se a criança perceber isso como uma imposição desagradável, ela não se beneficiará da prática esportiva.

No entanto, é preciso levar em conta a idade da criança. Entre os 3 e os 5 anos, recomenda-se a natação. Entre os 7 e os 8 anos, a variedade. Entre os 9 e os 11 anos, os esportes competitivos.

Também é aconselhável levar em conta a personalidade de seu filho. Há esportes mais indicados para crianças mais ativas e coordenadas (de bola), sociáveis (de equipe), inquietas e ativas (atletismo ou natação) ou perfeccionistas (tênis ou artes marciais).

Por último, pense em quanto tempo você dispõe para acompanhar seu filho na prática esportiva. Lembre-se: para ele, o mais importante é ter os pais como espectadores.

Natação


É o esporte ideal para crianças menores. Nesta atividade, elas começam a praticar a coordenação, a resistência, o equilíbrio, a disciplina e a relação entre esforço e resultado. De qualquer forma, a prática deve ser sempre uma experiência prazerosa para seu filho. Se ele tiver medo de entrar na água, é preciso respeitá-lo e encorajá-lo aos poucos.

Futebol
É uma atividade ideal para ser iniciada na idade escolar. A partir dos 6 anos, as crianças se adaptam com mais facilidade aos movimentos e possuem uma coordenação melhor. O futebol trabalha a dinâmica de grupo e favorece a potência muscular, a capacidade cardiovascular e pulmonar, a psicomotricidade a autoconfiança.
É importante sugerir também outros esportes. Nesta idade, as crianças apreciam a variedade. À medida que for conhecendo mais esportes, seu filho poderá escolher o que mais lhe agrada.

Artes marciais
Contribuem para o processo formativo da criança porque desenvolvem tanto o seu estado físico como emocional. A prática trabalha os músculos e tendões, mobiliza as articulações, ensina a respirar e a utilizar a capacidade pulmonar. As artes marciais também ajudam as crianças hiperativas a canalizar melhor sua energia e as mais tímidas a se expressar mais. Como resultado, favorece o rendimento escolar e o relacionamento social.

Lembre-se de que a metodologia utilizada nas aulas para crianças é diferente da dos adultos. Ela se baseia, principalmente, em jogos, incorporação de hábitos, trabalho físico e psicomotor.
Artigos relacionados
Quem leu isto também leu...